Blog

[Não tente fazer em casa] sudo rm -Rf /

Mar 08, 2009 | 2 minutes read
Share this:

Começando agora, a série “Não tente fazer em casa” falará de coisas que mesmo sob o aviso de não fazer, queremos saber sua serventia ou comandos que com certeza você já mandou para seu amigo n00b (atire a primeira pedra quem nunca disse que para resolver o problema, era só apertar Alt+F4 =) ).

É bom avisar que muitos dos comandos citados aqui podem causar falhas graves, alguns acarretar até na queima do hardware usado. Por isso, levem à sério o aviso e não tente fazer isso em casa!

O primeiro comando da série é o

sudo rm -Rf /

Ele funciona em qualquer sistema baseado no Unix, incluindo Linux e Mac OS. Executando esse comando no terminal você estará dando privilégio de root (sudo) ao usuário para remover (rm) de forma recursiva (-R) e forçadamente (-f), ou seja, ignorando qualquer mensagem de confimação, a pasta raiz do sistema (/). Resumindo? Perdeu tudo, maluco. Não adianta testar em dual-boot pois ele deletará inclusive sua partição /home e de outros sistemas.

O único jeito para poder ver como funciona é assistindo o seguinte vídeo ou usando um kernel antigo ao Linux 2.6.28 em uma máquina virtual – de acordo com o changelog, esse comando foi bloqueado porque nenhuma pessoa de boa fé iria querer fazer uma formatação geral desse jeito.

EDITADO: Criei coragem e testei no meu Arch Linux com kernel Linux 2.6.28-SMP e ele exibiu a seguinte mensagem: rm: cannot remove root directory ‘/’

Originalmente publicado em zoomdigital.com.br em 8 de março de 2009.